Lisbon Corporation | E-Learning

"Improve your knowledge and take action to achieve your dreams"

Ignorar notícias

Notícias

Fotografia de Lisbon Corporation
Internacional | 8 comportamentos que deve EVITAR quando viaja
por Lisbon Corporation - Sexta, 31 Maio 2019, 15:14
 

1. Sabia que em locais como a Índia ou o Médio Oriente, comer com a mão esquerda é considerado ofensivo, uma vez que esta mão é considerada impura? Já na América Latina, entornar uma bebida com a mão esquerda é sinal de má sorte.

2. Fazer o sinal da paz com a palma da mão virada para dentro é considerado ofensivo em países como o Reino Unido, Austrália ou África do Sul.

3. Sabia que sentar-se no banco de trás de um táxi em países como a Holanda, Escócia, Austrália e Nova Zelândia é considerado elitista? Curiosidade: no Japão os motoristas de táxi costumam abrir e fechar a porta aos passageiros.

4. Cruzar os dedos, como se estivesse a "fazer figas", é considerado um gesto obsceno no Vietname.

5. Comer com um garfo na Tailândia é considerado falta de educação. Se visitar este destino, opte por utilizar uma colher ou mesmo as mãos para comer.

6. Sabia que deixar gorjeta em bares e restaurantes de países como o Japão ou a Coreia do Sul é considerado ofensivo? Este ato, nos países mencionados, sugere que os funcionários não recebem dinheiro suficiente.

7. Colocar as mãos nos bolsos, no Japão e na Coreia do Norte e do Sul significa arrogância, principalmente quando se está perante um monumento importante.

8. Sabia que o gesto de levantar a mão (para chamar um garçon), em países como a Grécia, África, México ou Médio Oriente, significa que está chateado com alguma coisa? Quando tiver de chamar um empregado de restaurante num destes locais, evite levantar a mão com a palma virada para fora e os dedos afastados e opte antes por levantar somente o dedo.

 

Boas viagens!

 
Fotografia de Lisbon Corporation
Internacional | Especialista explica porque NÃO deve reservar as suas férias online
por Lisbon Corporation - Sábado, 18 Maio 2019, 19:06
 

Numa entrevista à Forbes, o apresentador do programa «Travel Detective» e especialista de viagens, Peter Greenberg, alertou que «apenas 52% de todo o inventário das agências de viagens se encontra online e só lá permanece enquanto as plataformas de viagens permitirem (…), por isso, pegue no telefone e fale com o seu agente, ele pode ter acesso a mais ofertas do que as que vê no ecrã do pc.»

De acordo com o The Sun, também os hotéis costumam guardar os melhores quartos para quem reserva diretamente em vez de utilizar sites de reserva. Isto porque os hotéis têm de pagar entre 10 a 30% de comissão às plataformas de marcação. E nesse sentido também o gestor hoteleiro Shane Lambert partilhou com o mesmo jornal que «muitos hotéis (...) apenas colocam os seus piores quartos disponíveis na internet».

Por isso, já sabe, continue a usar a internet como inspiração para as suas próximas viagens, mas se quiser realmente fazer bons negócios, está na altura de voltar a falar com um agente de viagens para marcar as suas férias.

 
Fotografia de Lisbon Corporation
Portugal | Berlengas terão limite diário de visitantes
por Lisbon Corporation - Sábado, 18 Maio 2019, 19:06
 

O Ministério do Ambiente Português pretende impor um limite diário de 550 visitantes em simultâneo nas ilhas das Berlengas, devendo a medida entrar em vigor ainda no decorrer do mês de Maio.
O descontrolo das vistas turísticas ao arquipélago, classificado em 2011 como Reserva Mundial da Biosfera pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) e que possui estatuto de reserva natural desde 1981, tendo sido classificado como Zona de Proteção Especial para as Aves Selvagens em 1999, põe em risco quer a manutenção deste habitat natural quer a segurança das pessoas que o visitam.

A possibilidade de definir um limite de visitantes está previsto no regulamento do Plano de Ordenamento da Reserva Natural das Berlengas, em vigor desde 2008, tendo em conta a «fragilidade dos ecossistemas insulares e atendendo às condições específicas do arquipélago».

A Associação de Operadores Marítimo-Turísticos de Peniche, que representa metade das 24 embarcações existentes, também concorda com a fixação de um limite. «Houve embarcações que chegavam a fazer nove viagens por dia às Berlengas», afirmou à Lusa presidente desta associação, José Manuel Fernandes, adiantando que as novas regras vão permitir «prestar um melhor serviço e melhor preservar» a natureza do local.

Sérgio Ferreira, proprietário do novo catamarã, com capacidade para 90 passageiros, que passou este ano a operar, também defende a medida: «Concordo que haja um limite. Haver 1200 pessoas na ilha é insustentável, porque não conseguem estender uma toalha na praia ou ir ao restaurante» por falta de espaço, além da poluição marítima causada pelas embarcações.


Para o excesso de visitantes contribuiu o facto de, em alternativa à não emissão de novas licenças, alguns operadores tenham adquirido licenças na Nazaré, São Martinho do Porto (Alcobaça) e Ericeira (Mafra), onde existiam embarcações autorizadas a fazer passeios às Berlengas, motivo pelo qual o número de barcos triplicou nos últimos 10 anos.

Um estudo da Universidade Nova de Lisboa, concluiu que anualmente visitam a ilha da Berlenga mais de 65.650 pessoas, das quais mais de 50% na época alta (meses de Verão).

 
Fotografia de Lisbon Corporation
Portugal | Cascais duplica o valor da Taxa Turística
por Lisbon Corporation - Quinta, 2 Maio 2019, 19:33
 

As unidades de alojamento turístico de Cascais passaram a cobrar de taxa turística, desde o passado dia 2 de Maio, 2€ por noite (o dobro do valor cobrado até à data e que resulta de uma alteração publicada em Diário da República datado de 1 de Abril de 2019).

O limite máximo para o pagamento desta taxa mantém-se em 7 noites e as crianças com idade inferior a 13 anos continuam a estar dispensadas deste pagamento.

Recorde-se que a taxa turística de Cascais (aplicada às unidades hoteleiras e ao alojamento local) começou a ser cobrada em Abril de 2017, pelo valor de 1€ por noite, e no primeiro ano gerou 1,6 milhões de euros de receita. As receitas angariadas com esta taxa são aplicadas na promoção turística internacional de Cascais, assim como no acolhimento aos turistas e na dinamização cultural e recreativa da cidade.

 
Fotografia de Lisbon Corporation
Portugal | 45 kms de praias da Costa Alentejana serão limpas pela Brigada do Mar
por Lisbon Corporation - Quinta, 2 Maio 2019, 19:32
 

Anualmente, e desde há 11 anos, é organizada pela Brigada do Mar uma ação de limpeza que tem como objetivos a recuperação do sistema dunar e a proteção da orla costeira portuguesa. Sob o lema “Indignação Com Ação”, a associação já limpou em Portugal mais de 600 km lineares de costa. A Brigada do Mar é uma associação de voluntários que desenvolve desde 2009 ações de proteção da biodiversidade e de intervenção ambiental, com enfoque na descontaminação e limpeza de praias da orla marítima portuguesa fora das áreas concessionadas.

Este ano está a promover mais uma ação de limpeza das praias portuguesas e conta limpar mais de 45 quilómetros de areal, entre Melides e Tróia, até ao próximo dia 18 de maio. Esta ação arrancou no dia 1 de Maio e reúne 300 voluntários, cuja missão é retirar do areal lixo marinho e resíduos perigosos, encaminhando-os posteriormente para o circuito de reciclagem e tratamento.

A ação de limpeza inclui várias fases, sendo que até dia 3 de Maio decorre a fase de preparação e recolha de grandes volumes e entre 4 e 12 de Maio, a fase de recolha do lixo nos 45 quilómetros de praias da costa alentejana. De 13 a 17 de Maio, decorrerá a fase de triagem do lixo recolhido, que acontecerá no campo da feira de Melides.

 
Fotografia de Lisbon Corporation
Portugal | 2019 inicia-se com 145 nomeações para os World Travel Awards
por Lisbon Corporation - Segunda, 18 Março 2019, 15:45
 

Na edição anterior dos WTA (World Travel Awards) Portugal venceu o prémio de Melhor Destino do Mundo e inicia agora 2019 com cerca de centena e meia de nomeações para a ronda europeia desta iniciativa. Até 28 de Abril todos podem votar e o anúncio dos vencedores está marcado para uma gala que decorrerá em Junho próximo, na Madeira.

Na lista de candidatos, já anunciada mas que ainda pode ser atualizada, há 145 nomeações portuguesas repartidas pelas dezenas de categorias dos WTA Europa, incluindo a nomeação na categoria maior, Melhor Destino Europeu, para Portugal – que também venceu este prémio no ano passado.

Entre as nomeações encontram-se as cidade de Lisboa e Porto, numa série de categorias; Dark Sky Alqueva, os Passadiços do Paiva e ainda as regiões da Madeira e Algarve. As empresas portuguesas TAP e Douro Azul também estão nomeadas, bem como o Turismo de Portugal e dezenas de hotéis de luxo nacionais ocupam ainda as restantes categorias de prémios.

Leia a notícia na íntegra aqui

 

Ignorar Calendário

Calendário

Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 Hoje Quinta, 27 Junho 27 28 29
30       
Ignorar Navegação